CEE/PB Aprova nota de pesar em face do falecimento do Dr. Augusto de Almeida Filho

 

Medico-Agusto-Almeida-Filho

 

Na Sessão Plenária da quinta-feira 26 de junho de 2014, por proposta dos Conselheiros Bartolomeu Pontes e Odésio Medeiros, o Conselho Estadual de Educação da Paraíba aprovou, à unanimidade, um voto de pesar em face do falecimento no último dia  20.06.2014, do médico Augusto de Almeida Filho. Ele morreu aos 74 anos, vítima de um infarto fulminante , quando, segundo familiares, estava tomando banho em sua fazenda no município de Guarabira.  Augusto era sogro do Corregedor Geral de Justiça, desembargador Márcio Murilo da Cunha Ramos.

Muito conhecido e respeitado na classe médica e em toda sociedade paraibana, Augusto de Almeida Filho era cirurgião geral e um dos proprietários do Hospital Samaritano. O corpo foi velado no Crematório Caminho da Paz de Cabedelo, onde houve a cremação às 16h.

Para a presidente do Tribunal de Justiça da Paraíba, desembargadora Maria de Fátima Bezerra Cavalcanti, o médico Augusto de Almeida Filho era um exemplo de vocação em sua profissão e deixou sua marca em tudo que fez pelo nosso Estado. “Um homem que fez da Medicina uma luz e que essa o ilumine em sua volta para o encontro com Deus”,

Segundo o presidente do Conselho Regional de Medicina da Paraíba (CRM), João Medeiros Filho, que era amigo pessoal de Augusto, a morte dele foi uma grande perda para Paraíba.

“Ele era um grande médico, um homem bom, grande profissional e estamos todos muito tristes. Grande perda”, lamentou. Augusto Almeida Filho se consagrou e se destacou pela sua competência e dedicação a arte de salvar vidas.

 

Por Kubitschek Pinheiro

Enviar por email Enviar por email
© 2019 Todos os direitos reservados. CEE/PB Núcleo de Tecnologia da Informação.
''