CEE/PB analisa propostas curriculares do Ensino Infantil e Fundamental

Em reunião realizada na tarde desta quinta-feira (1º), o Conselho Estadual de Educação da Paraíba (CEE/PB) apreciou pareceres de pesquisadores de universidades paraibanas sobre as propostas de currículos escolares do Ensino Infantil e Fundamental que estão sendo reformulados a partir da instituição da Base Nacional Comum Curricular (BNCC). A coordenação Estadual da BNCC pretende protocolar a versão final dia 30 de novembro e o Conselho estima aprová-la até 20 de dezembro, conforme calendário nacional. Os novos currículos passam a vigorar em 2019 na rede estadual de ensino.

A partir da instituição da BNCC ((Resolução CNE/CP Nº 2, de 22 de dezembro de 2017), documento de caráter normativo que define o conjunto orgânico e progressivo de aprendizagens essenciais que todos os alunos devem desenvolver ao longo das etapas e modalidades da Educação Básica, coube aos estados adequarem seus currículos escolares.

Na reunião, os conselheiros vão analisaram e discutiram os pareceres elaborados pela professora Doutora Maria Adailza Martins, do Departamento de Geografia da UFPB, sobre o currículo de Geografia, e do professor Doutor Silvanio de Andrade, do Departamento de Matemática da Universidade Estadual da Paraíba, sobre o currículo de Matemática. O Conselho Estadual de Educação solicitou a alguns pesquisadores de universidades paraibanas pareceres sobre os currículos a partir de sua divisão por áreas de conhecimento. Estes pareceres, assim como a proposta da Secretaria de Educação, começarão a ser discutidos a partir de agora.

A Secretaria de Estado da Educação da Paraíba (SEE) juntamente com a União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime) realizou nos últimos meses esforço coletivo na redação desses currículos e os colocou em consulta pública. Caberá ao Conselho Estadual de Educação da Paraíba apreciar esta proposta e dar seu parecer final. Após a homologação da BNCC, o comitê de governança da Paraíba iniciou o processo de criação da proposta curricular estadual que poderá ser seguido por todas as escolas da Paraíba, das redes municipal, estadual ou privada. A proposta curricular foi discutida junto à sociedade paraibana e contou com contribuições de professores, gestores, entre outros profissionais da educação.

A equipe de elaboração da proposta curricular estadual é integrada pelo comitê de governança, formado por Robson Rubenilson,coordenador estadual do Currículo pela Secretaria de Estado da Educação (SEE) e Conselho Nacional dos Secretários de Educação (Consed); professora Rilma Melo, coordenador estadual do Currículo pela União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime);Uilma Mendes, articuladora de regime de articulação pela Undime e Daniel Saraiva, analista de gestão.

Também fazem parte da equipe do Programa de Apoio a Implementação da BNCC (ProBNCC) três coordenadoras de etapa e 22 redatores, sendo 19 professores efetivos da rede estadual e três professores da rede municipal da Paraíba, além de colaboradores

Atividades – Nas sessões do Conselho dos dias 6 e 13 de setembro, ocorreram as apresentações das articuladoras estaduais da BNCC do CEE/PB, professora e conselheira Miriam Medeiros e professora Heliene Mota, que versaram sobre o arcabouço normativo da BNCC, seus conteúdos, e o trabalho até então desenvolvido pela equipe do ProBNCC na elaboração da proposta curricular paraibana.

No dia 4 de outubro a professora Rima Suely de Souza Melo, representante da União dos Dirigentes Municipais de Educação(Undime), esteve no CEE/PB e proferiu a palestra “Os currículos da Educação Infantil e do Ensino Fundamental da Paraíba e a Base Nacional Comum Curricular – BNCC”.01

© 2018 Todos os direitos reservados. CEE/PB Núcleo de Tecnologia da Informação.
''